Como dizer adeus em robô? - Natalie Standiford

24.10.16


Oi pessoal, o post de hoje é sobre o livro "Como dizer adeus em robô". Eu ganhei esse livro de presente de um amigo e é um livro que veio muito a calhar no momento em que li. 

Beatrice Scabo é uma menina normal, pelo menos é o que parece ser. Com um pai professor e uma mãe que vive para cuidar dela e da casa, Bea parece viver em uma família "normal". Só que seu pai, não consegue parar em uma mesma cidade e sua mãe? Essa está louca.

Beatrice não se apega a nada e acha que isso é completamente normal nas condições em que ela vive. Até que sua mãe começa a lhe chamar de robô e ela facilmente aceita isso. Pois ela realmente acha que é verdade e que o termo tem a ver já que não sente nada mesmo, por nada e nem ninguém. Só que isso não é verdade. Ela começa a descobrir isso quando se muda de Ithaca para Baltimore e conhece Jonah Tate.

Ela que nunca se identificou com nenhum garoto normal, começa a cogitar a ideia de que o mundo robô e o fantasma possam ter algo em comum e vir a se entender. Já que Jonah é conhecido como fantasma em sua escola e ele também aceita o termo e começa a conviver com isso, só que não tão facilmente quanto Bea, mas ele leva do jeito dele. Os dois realmente se aproximam bastante e ficam muito amigos. O que surpreende todos os personagens envolvidos na história, pelo aproximação dos dois e os acontecimentos também.


Como dizer adeus em robô é lindo! A história de Beatrice e Jonah é um romance/amizade sutil e leve. Mostrando claramente como duas pessoas "problemáticas" podem se sentir bem juntas, mesmo que isso não resolva os seus problemas. Algo que por sinal,  muitos românticos declarados gostariam de viver.

O livro é narrado de forma super leve e que te prende. Não preciso nem comentar que a história é totalmente original. Poderia existir um filme pra gente poder ver essa história apaixonante novamente por aqui. Só tenho uma coisa a dizer, se vc gostar desse tipo de história, esse vale livro vale cada centavo do dinheiro que vc vier à pagar.

Você pode gostar também

4 comentários

  1. já amei o livro por esse resenha!! adoro uns romances mais inesperados assim, e acho q pode ser uma historia que muitos se identifiquem, principalmente com a personagem.

    http://www.teoremademahlli.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Romance inesperado é o que estamos precisando, também adoro! Fico feliz que tenha gostado da resenha.

      Excluir
  2. Que livro bacana, achei o nome bem inusitado! Além de nos despertar interesse na leitura!
    bjs

    devaneiosdeinverno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, o que me chamou atenção pra ler foi justamente o título. Além da história ser bem original ele é muito gostoso de ler. Vale a pena!

      Excluir